RE: A reserva de emergência deve ser contabilizada no cálculo percentual da carteira de investimentos?

. . .

Exemplo

Suponhamos que um investidor quer ter 50% investido em renda fixa e 50% em renda variável e que neste momento a carteira dele é:

  1.  50 mil na selic (com o objetivo de ser reserva de emergência)
  2.  30 mil investidos em renda fixa
  3.  20 mil investidos em renda variável

Esta pessoa deve considerar investe 80% em renda fixa e 20% em renda variável ou que investe 60% em renda fixa e 40% em renda variável?

fernandoavita Aprendiz Perguntado em em 4 de julho de 2021 Carteira.
Adicionar Comentário
4 Respostas
  • . . .

Melhor resposta
Olá, Fernanda! Tudo bom?
A reserva de emergência não deve ser contabilizada no cálculo da carteira de investimentos, visto que essa aplicação tem objetivo cobrir despesas ou situações financeiras inesperadas. Por isso, ela  tende a ter algumas características básicas como alta liquidez, baixo risco e previsibilidade para quando for necessário usa-la com rapidez. 
Dessa forma, no exemplo apresentado, a carteira é composta por 60% em renda fixa e 40% em renda variável. Confira nosso artigo sobre Reserva de Emergência para mais informações (https://www.suno.com.br/artigos/reserva-de-emergencia/).
Atenciosamente, Equipe Suno
 
Faixa Preta Respondido em 14 de julho de 2021.
Adicionar Comentário

Sua Resposta

Ao postar sua resposta, você concorda com a política de privacidade e ostermos do serviço.