RE: Olá, Estou iniciando minha carteira de investimento e estou na dúvida se deve mesclar as recomendações da carteira de dividendos com a carteira de valor. O que seria o melhor para alguém iniciando a construção do patrimônio?

4 Respostas
  • . . .

Olá colega, espero que estejam bem.  São sou nenhum expert, comecei recentemente (11/2020)  mas espero ajudar.

Ao contrário de alguns, busquei o quanto anos diversificar, pois foco nos aportes mensais e sempre longo prazo.

Atualmente minha carteira está 60% em ações (17 ativos – 8 focados em valor – 4 focados de dividendos – 5 de Small Caps), 30% no exterior (12 ações) e 10% em FII’s (5 ativos).

Meu patrimônio não é grande – o que justificaria ter menos ativos. Todavia, meu principal objetivo é “evitar” exposição  e volatilidade.

Isso porque, no meu modo de pensar, caso eu tivesse 5 ações como alguns indicam, qualquer mudança nos rumos de alguma empresa poderia significar perdas expressivas da rentabilidade e/ou principal. Sendo assim, me comporto melhor não fazendo isso…

Além disso, penso que caso eu queira acompanhar a rentabilidade das carteiras da Suno e não “culpá-los” por alguma indicação que se mostre ruim no futuro, das duas uma. Ou copio as carteiras exatamente como estão – o que não faço, ou procuro uma quantidade de ativos que entendo adequada, no meu caso 17 (mesmo número de composição da carteira deles), escolhendo os cases que eu mais gosto, sempre variando entre  5% – 7,5% e 10% para cada um, a meu critério. Fiquei com a segunda opção.

Portanto, opto por escolher as melhores ações  indicadas pela Suno (baseado na classificação deles),  buscando aquelas inseridas em setores com baixa correlação.

Desde logo, esse é só meu modo de pensar.  Espero ter contribuído. Bons investimentos.

At.te.

Aprendiz Respondido em 10 de março de 2021.
Adicionar Comentário

Sua Resposta

Ao postar sua resposta, você concorda com a política de privacidade e ostermos do serviço.