Perfil de RI Tegma
Investidor
361
Pontos

Questões
0

Respostas
12

  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Estratégias.

    Jean, boa noite. O setor automotivo representa 4% do PIB nacional e é um setor muito importante para economia  pois emprega 1,3 milhão de pessoas. Atualmente temos observado tendências de não posse do veículo, em favor do uso de apps de carona ou de contratos de longo prazo de aluguel de veículos. Estamos atentos a essas tendências e acreditamos que apesar das mudanças o setor, ele ainda terá uma relevância na economia em razão de será necessário suprir a demanda por esses veículos que atenderão essas novas tendências. Por exemplo atualmente no Brasil, em que a crise econômica ainda não foi totalmente superada por conta de um alto desemprego, vemos que as locadoras de veículos estão demandando muito das montadoras para suprir a tendência de aumento de uso dos apps de carona. Portanto acreditamos que apesar das mudanças o setor permanecerá relavante.

    Resposta aceita por Jeannogueira. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 346 visualizações
    • 2 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Estratégias.

    João, boa noite. Sim o setor automotivo é um setor bastante cíclico em razão do veículo ser considerado uma compra discricionária e extremamente  dependente de crédito. Dessa forma quando o PIB cresce o setor automotivo costuma crescer mais e quando o PIB cai o setor costuma cair muito mais (alta elasticidade). recentemente temos observado uma dinâmica um pouco contracíclica no setor, referente à nova tendência de aplicativos de carona como Uber, que crescem com o aumento do desemprego, o que faz que as locadoras comprem mais carros para alugar para as pessoas dispostas a dirigir para esses aplicativos. No entanto, sim o setor ainda é  considerado um setor cíclico.

    Resposta aceita por JoaoNicolas. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 345 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Estratégias.

    Vitor, boa noite. Acredito que comparando a Tegma na operação de logística de veículos com seus principais concorrentes, não haja muitas diferenças operacionais. Esse setor é baseado em escala e em produtividade regional, com contratos de muito longo prazo com clientes e com fornecedores, resultando em uma logística muito azeitada e produtiva. A vantagem da Tegma vs os players entrantes é a escala, que permite uma maior produtividade de entrega (transit time), fator fundamental para o setor. Recentemente implementamos uma aceleradora de startups de logística que visa fomentar novas tecnologias no setor e incrementar ainda mais as boas práticas desse setor de logística e aumentar ainda mais a produtividade.

    Resposta aceita por VitorMoraees. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 399 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Estratégias.

    Rafael, acredito que nosso múltiplo reflita muito o potencial de crescimento do nosso negócio. atualmente estamos em um processo de retomada da economia e como estamos muito dependentes de um setor cíclico e alavancado como o automotivo, o mercado paga um preço que reflete essa maior elasticidade vs o PIB. Atualmente temos uma outra dinâmica que é o crescimento das locadoras de veículos, que se beneficiam do alto desemprego no país porque as pessoas demandam veículos alugados para dirigir em aplicativos de carona, e consequentemente, nós precisamos transportar esse veículos. Por último, o mercado confia que a Tegma é uma empresa pouco alavancada, com alta produtividade (aliado ao Asset light), alto fluxo de caixa e um baixa necessidade de investimento, aliando dessa forma um bom potencial de ganho de capital e pagamento de dividendos.

    Resposta aceita por Rafinha. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 337 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Estratégias.

    Ferdinando, boa tarde. Essa iniciativa foi implementada em 2017 e já nos trouxe benefícios concretos. Ao longo das duas rodadas de seleção já entrevistamos 123 startups, realizamos 14 provas de conceito, contratamos 4 e investimos em 1. Estamos com a terceira rodada aberta.  Nas provas de conceito participam clientes que já contrataram algumas também. Estamos focando em empresas que tenham negócios escaláveis e que possam ser potenciais investimentos/fornecedoras que gerem benefícios para as dores que vemos no dia a dia da logística. Nosso know how em logística ajuda as empresas no sentido de dar um background de realidade de mercado. A empresa que investimos se chama Freterapido e é um marketplace de transporte principalmente para o setor de ecommerce. As empresas que contratamos já nos trouxe benefícios em processos internos no sentido de automatizar alguns procedimentos e tornar o processo de armazenamento de veículos mais eficiente.

    Resposta aceita por ferdinando. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 345 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Estratégias.

    Caio, nossa posição de liderança foi construída por meio de uma série de vantagens competitivas que, apesar de não serem  muito diferentes das dos nossos principais concorrentes, nos permitiu construir um relacionamento de muito longo prazo e confiança com nossos clientes e nossos fornecedores. Escala nesse setor é fundamental, portanto, a medida que o setor cresce, mais eficiente fica a operação porque nós podemos consolidar diversos veículos em um mesmo caminhão e fazer as entregas mais rápidas. Além disso, estamos com um programa de aceleração de startups que nos traz novas iniciativas de aumento de produtividade que nos faz ampliar ainda essas barreiras de entrada.

    Resposta aceita por CaioCampos. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 306 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Estratégias.

    Jp, boa tarde. Sim o setor de logística é muito baseado em vantagens competitivas e escala e o setor de logística de veículos é ainda mais. nós na Tegma temos muitas vantagens por operar com todas as montadoras e podermos misturar diversos veículos em um mesmo caminhão e reduzir o tempo de entrega.

    Resposta aceita por JPtavares. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 308 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Ações.
    Sim, existe. Apesar de não acreditarmos que haja potencial de ganho de mkt share no mercado de transporte de veículos zero km, recentemente lançamos um novo produto que é o transporte de veículos usados, principalmente para locadoras de veículos, nas quais utilizaríamos os caminhões que estão retornando vazios das entregas de veículos zero km para realizar o transporte entre lojas de locadoras e entre lojas de locadoras e lojas de seminovos. Temos um app já em funcionamento chamando Techcargo que está nos celulares dos nossos caminhoneiros e esse app avisa-os de carga em regiões perto deles.

    Resposta aceita por Hugo Rodrigues. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 375 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Ações.
    Pedro, nosso mkt share é definido de acordo com as regiões que atendemos cada montadora. Essa configuração não é alterada há bastante tempo e não há pretensões de conseguir novas áreas de entrega. Em razão disso, nosso market prevemos estabilidade de mkt share, que irá depender da evolução da participação de mercado dos nossos clientes e das regiões nas quais mais entregamos (mix). Recentemente lançamos um novo produto que é o transporte de veículos usados, principalmente para locadoras de veículos, nas quais utilizaríamos os caminhões que estão retornando vazios das entregas de veículos zero km para realizar o transporte entre lojas de locadoras e entre lojas de locadoras e lojas de seminovos. Temos um app já em funcionamento chamando Techcargo que está nos celulares dos nossos caminhoneiros e esse app avisa-os de carga em regiões perto deles.

    Resposta aceita por Pedro Henrique Zordan Julio. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 328 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 2 de outubro de 2019 Ações.
    Clarissa, boa tarde. Nesses últimos dois anos temos sentido bastante a crise na Argentina em termos de redução de veículos transportados para lá. No entanto, como a distância médias das entregas para a Argentina são muito curtas (até o porto, principalmente), a representatividade em termos de receita que já era pequena ficou menor ainda. Hoje as exportações correspondem a menos de 3% do faturamento da divisão de logística de veículos e a Argentina corresponde a um terço do total.

    Resposta aceita por Clarissa. em 25 de outubro de 2019 Ganhou 15 pontos.

    • 336 visualizações
    • 1 respostas
    • 0 votos