Como estimar BP e DRE

  • . . .

Senhores, saudações.

Algo que me intriga no processo de valuation é como manter um padrão entre BP e DRE visto que existem empresas muito cíclicas, sazonais durante o próprio ano corrente, ou estáveis, com baixa exposição á sazonalidade.

Desta forma, ao elaborar um valuation tem-se estes demonstrativos considerando fins de período.

Como justificar um DRE com algum crescimento significativo e um balanço mais enxuto, com pouco crescimento?

Não sei se fui muito claro nas questões..

Aprendiz Perguntado em em 4 de junho de 2018
Ações.
Adicionar Comentário
6 Resposta(s)
  • . . .

Não entendi sua pergunta.

Existem empresas que são “asset-light” e não precisam ter muito imobilizado, estoque, para gerarem caixa.
Exemplo: varejistas, seguradoras, corretoras de seguros, empresas de fidelidade.

 

Faixa Preta Respondido em 4 de junho de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Tipo, meu BP cresce 6% no total mas meu DRE cresceu 20% nas vendas. Esse crescimento fora de proporção.

Nesse exemplo teu, eu considero que meu resultado teve um crescimento significativo e ainda consegui reduzir capital de giro por exemplo?

Aprendiz Respondido em 4 de junho de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Quando você diz crescimento do BP, de qual conta do ativo você está se referindo?

Sim, existem empresas que trabalham com capital de giro negativo, e são na prática financiadas pelos seus fornecedores.

Faixa Preta Respondido em 4 de junho de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Crescimento de modo geral, ou até mesmo diminuição, o que eu quero dizer é no situação onde as variações são aparentemente “desproporcionais” mas coerentes.

P.ex: Aumento de vendas de 20% (DRE) considerando que havia uma grande capacidade ociosa, houve apenas alguns ajustes no custo fixo, não houve capex, somente pagamento de dívidas, então meu passivo total na verdade apresentou queda.

Aprendiz Respondido em 4 de junho de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Podem existir situações em que os resultados cresçam e o patrimônio permaneça mais ou menos constante.

É o caso das empresas de fidelidade, que não possuem dívidas e pagam 100% dos lucros em dividendos.

Faixa Preta Respondido em 5 de junho de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Isso, legal, to conseguindo ser mais objetivo e esclarecido no questionamento.

É aí que está o cerne da minha pergunta: como ser coerente na estimativa? Observar o histórico da empresa? Mas observar o histórico não é pressupor que haverá uma “linearidade” ad aeternum?

Aprendiz Respondido em 5 de junho de 2018.
Adicionar Comentário
  • Perguntas relacionadas

  • Disclaimer

    As respostas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Suno Research. Caso encontre algo que viole os nossos termos de uso, denuncie.

  • Sua resposta